Cerâmicas e revestimentos

Amostras não revestidas e altamente carregadas podem ser observadas no modo de pressão variável, sem danos na amostra. Os componentes feitos de materiais cerâmicos são, em alguns casos, a única solução para os problemas técnicos que não podem ser resolvidos com materiais convencionais, tais como o aço.
Cerâmicas técnicas podem ser divididas nos seguintes grupos: cerâmicas de óxido (que contêm materiais constituídos primariamente de óxidos metálicos tais como óxido de alumina, zircônia, óxido de cério e berílio); cerâmicas não óxidos (materiais à base de carbonetos, nitretos, boretos e silicatos) e cerâmicas compósitos (compreendendo cerâmicas reforçadas de partículas e fibras, bem como, combinações de óxidos e não óxidos de cerâmica).
  • Cerâmicas avançadas refere-se à técnica de engenharia ou de cerâmica industrial.
  • Materiais cerâmicos são muito resistentes à abrasão, possuindo propriedades elétricas, mecânicas e térmicas muito interessantes.
  • Cerâmicas avançadas possuem uma ampla gama de aplicações na indústria automotiva, medicina e indústria eléctrica e eletrônica.
  • Os MEVs-FEG da TESCAN são instrumentos ideais para estudar estruturas cerâmicas avançadas em alta resolução.
  • Os MEVs-FEG também podem utilizar a tecnologia de desaceleração de feixe (BDT) a fim de se conseguir imagens de alta resolução com energias de elétrons muito baixas, permitindo que os investigadores possam obter imagens de excelente qualidade da microestrutura nestas amostras.
Cerâmicas e revestimentos
Al2O3– detalhe (detector BSE)

Nota de Aplicações Relacionadas

Microstructure of silicon - enriched nickel aluminide diffusion coating
A mixture of commercially available pure silicon and aluminium powders in a liquid amyl acetate based organic binder was painted onto the surface of Inconel 713LC nickel based superalloy by means of the spray gun. Two stage heat treatment process in an argon atmosphere was designed to produce a silicon enriched nickel aluminide diffusion coating, which should be promising for the most demanding high temperature applications in aircraft, automotive and power generation industries. The microstructure of the coating was analyzed using the scanning electron microscope (SEM) TESCAN LYRA3 equipped with focused ion beam (FIB), Energy Dispersive X-ray spectrometer (EDX) and 3D Tomography software module.
pdf – 2 MB
LE - BSE
Imaging of non-conductive samples, detecting nuances of compositional contrast or resolving tiny surface features in many fields of life science, material science or semiconductor engineering have become increasingly more important for scanning electron microscopy. For high energy beam the penetration depth of the electron beam interacting with the sample surface is high, resulting in a large interaction volume. Modern materials such as very thin composites in nano-meter scale cannot be observed at high energies because surface features are simply transparent for the electron beam. .
pdf – 3,3 MB